Na ACSP, chanceler argentina debate estímulo ao comércio bilateral com Brasil

Entre as propostas está a realização de missões comerciais a mercados potenciais para ambos países envolvendo empresários brasileiros e argentinos

Redação DC
18/Abr/2024
  • btn-whatsapp
Na ACSP, chanceler argentina debate estímulo ao comércio bilateral com Brasil

A ministra de Relações Exteriores de Javier Milei, Diana Mondino, se reuniu com empresários na Associação Comercial de São Paulo (ACSP) na tarde de quarta-feira, 17. No encontro foram discutidas iniciativas conjuntas que permitam estimular o fluxo comercial entre Brasil e Argentina. 

Diana está em terras brasileiras desde o início da semana, na primeira visita oficial do governo argentino ao Brasil. Uma das propostas feitas à chanceler durante o encontro na ACSP foi a realização de missões comerciais envolvendo empresários brasileiros e argentinos. 

Essas missões não se limitariam a levar grupos de brasileiros para a conhecer o mercado argentino, e vice-versa, mas também levariam esse mix de empresários para outros mercados mundiais. 

Dentro dessa proposta, Alfredo Cotait Neto, presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), convidou Diana e empresários argentinos a se juntarem à missão organizada pela ACSP com destino ao Cairo, no Egito, entre os dias 23 e 27 de junho. 

A missão em questão tem como prioridade abrir o mercado africano para os setores de alimentos e bebidas; casa, construção e decoração; equipamentos, partes e peças; cosméticos; e utilidade doméstica.

“Nós precisamos trabalhar juntos, e temos um grande mercado para explorar”, disse a chanceler, que acrescentou que a relação do governo argentino com o empresariado está mudando. “Nossas empresas estavam restritas, porque era o governo que decidia o que poderia ser vendido, por qual preço e para quem. Estamos removendo muitas dessas regulamentações”, afirmou.

No encontro também foi sugerida a criação de uma Frente Parlamentar, formada por representantes paulistas e portenhos, com a intenção de alinhar, via legislativos, estímulos para o comércio entre São Paulo e Buenos Aires.

Sobre a situação econômica delicada da Argentina, a chanceler disse que o governo Milei tem os desafios de reduzir a inflação, o déficit, abrir a economia, eliminar a emissão monetária e pagar as dívidas. 

“Queremos também desregulamentar a economia acima de tudo, para  permitir que cada empreendedor possa ter a sua própria atividade sem interferência do governo”, reforçou Diana. 

Roberto Mateus Ordine, presidente da ACSP, disse que o encontro servirá para estreitar as relações comerciais entre os países. "É uma honra receber a ministra Diana Mondino aqui na Associação Comercial de São Paulo. O encontro foi muito produtivo para podermos auxiliar no fortalecimento da relação comercial com a Argentina, um importante parceiro econômico. Tenho certeza de que trabalharemos juntos para estreitar as relações entre empresários brasileiros e argentinos", disse Ordine.

Também estiveram no encontro o Secretário de Relações Econômicas Internacionais, Embaixador Marcelo Cima, e o Cônsul Geral da Argentina em São Paulo, Luis María Kreckler.

A chanceler Diana participou de reunião de trabalho na ACSP envolvendo a comitiva argentina e representantes de entidades de comércio exterior de São Paulo

 

COMÉRCIO BILATERAL 

A corrente de comércio entre Brasil e Argentina somou, em 2023, US$ 28,7 bilhões, movimentando US$ 16,7 bilhões em exportações e US$ 12 bilhões nas importações.

No ano passado, os argentinos fecharam como o terceiro maior parceiro brasileiro, atrás apenas dos EUA (2º) e da China (1º). 

Já o intercâmbio comercial entre o Estado de São Paulo e a Argentina registrou US$ 8,6 bilhões, com US$ 6,7 bilhões em exportações e US$ 1,9 bilhão em importações. 

 

IMAGENS: Cesar Bruneli/ACSP

Store in Store

Carga Pesada

Vídeos

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

129 anos da ACSP - mensagem do presidente Roberto Ordine

Novos tempos, velhas crises

Confira como foi o 4° Liberdade para Empreender

Colunistas