São Paulo, 01 de Outubro de 2016

/ Tecnologia

É hora de sua empresa ganhar um site
Imprimir

Passo a passo simplificado para você entrar no mundo digital

O site de uma empresa funciona como uma sede virtual do negócio. É, hoje, um recurso fundamental a qualquer empresa, seja para facilitar o acesso às informações de produtos e serviços, transmitir credibilidade ou fortalecer o relacionamento da marca com seu público-alvo.

Preparamos um roteiro objetivo com um passo a passo para você montar seu site, traduções das palavras complicadas e termos específicos do universo digital, indicação de bons fornecedores e recursos gratuitos, e dicas de especialistas para facilitar o seu caminho de entrada no mundo virtual.

LAYOUT, PROGRAMAÇÃO, REGISTRO DE DOMÍNIO E CONTRATAÇÃO DE SERVIDOR

São 5 passos para montar um site: definir o layout, fazer a programação, registrar o domínio e contratar um servidor.

MAIS DO QUE BONITO, DEVE SER FUNCIONAL

Layout: é a sua aparência, ou interface. Em geral, contrata-se um profissional conhecido como web designer para desenhar um site, mas atualmente há aplicativos de Internet que fornecem templates os quais você pode editar com muita facilidade. Para definir o layout de um site, a dica do consultor de Comunicação e marketing digital do Insituto Europeu de Design (IED), Edgard de Almeida, é simplificar o máximo possível: “Mais do que ser bonito, o site deve ser fácil de navegar, com todas as informações relevantes na primeira página, sem excesso de links e páginas secundárias”.

Informações: um bom site é aquele que informa todos os dados que um cliente deve saber sobre a empresa, como endereço físico, formas de pagamento e horário de funcionamento. Além disso, a empresa também pode disponibilizar depoimentos de clientes e parceiros. “Esse tipo de conteúdo reforça a credibilidade. Colocar a foto do cliente é melhor ainda, humaniza o serviço”, pontua Edgard. Outra dica do consultor é publicar conteúdos de validação externa, como prêmios e reportagens onde a marca tenha sido citada.

Imagens: ter boas imagens dos produtos da empresa é fundamental. Muitas pessoas fazem suas buscas por imagens e filtram seus resultados a partir da qualidade das fotos encontradas. “Pense que o site é o seu principal vendedor e representa a sua empresa. Da mesma forma que você não quer um vendedor mal vestido e que fale errado, o site deve estar com informações bem escritas e boas imagens”, alerta o consultor.

Call to action: esse termo em inglês significa “sugestão para ação” e é utilizado para indicar o que o usuário deve fazer em cada página. Frases como “entre em contato”, “conheça nossos produtos” e “fale com um vendedor” são bastante recomendadas. “O usuário do site deve ter muito claro o convite. Muitas pessoas entram em um site apenas para achar um contato, então é possível facilitar essa busca para o usuário”, comenta o especialista em marketing digital.

LAYOUT PRONTO. É HORA DA PROGRAMAÇÃO

Programação: programar um site significa criar os códigos que o farão funcionar na Internet. O profissional qualificado para essa tarefa chama-se “programador”, mas também há algumas empresas que fornecem ferramentas de edição e criação de sites gratuitamente.

HTML 5 x Flash: sobre a programação, há diferentes linguagens que podem ser utilizadas, como o HTML 5 e o Flash. A recomendação é não utilizar Flash, pois essa linguagem de Internet não funciona adequadamente em produtos da marca Apple.

Otimização para celular: é muito importante montar um site para que ele funcione, também, em telefones celulares e tablets. “Hoje, cerca de 30% dos acessos à maioria dos sites vêm de telefones celulares. Então, o layout precisa funcionar nesse tipo de tela também”, acrescenta.

JÁ ENTENDI O QUE É LAYOUT E PROGRAMAÇÃO. MAS O QUE É REGISTRAR UM DOMÍNIO?

Domínio: é o nome do seu site, mais especificamente o que será digitado “www.nomedoseusite.com.br”. Todo domínio precisa ser registrado, o que significa que o domínio passa a ser seu, e não haverá nenhum outro site com o mesmo nome. O órgão que regulamenta essa atividade é o Registro.br.

Fazer o registro: é muito simples, basta se cadastrar no Registro.br, checar a disponibilidade do nome desejado e pagar uma taxa de R$ 30,00, a qual garante que o endereço registrado seja seu por um ano. E é possível efetuar o pagamento para um período de até 10 anos. Uma dica para essa etapa é escolher um nome simples e que contenha as palavras-chave do seu negócio.

HOSPEDANDO O SITE EM UM PROVEDOR

O servidor é a empresa que fará com que seu site fique disponível na Internet 24 horas por dia. Usa-se o temo “hospedar”, pois o servidor é o local virtual onde os arquivos do seu site estarão armazenados para que ele funcione, ou seja, todas as imagens, textos e a programação do layout.

Há muitas empresas que oferecem serviço de hospedagem de domínios e pacotes em diferentes valores. A escolha por um servidor ou outro deve ser norteada pela quantidade de informações que seu site possui. Quanto mais complexo e repleto de imagens for o site, maior precisará ser a capacidade do servidor, e por isso deve-se optar por um plano pago mais robusto. Se o site for simples, um plano simples ou gratuito é suficiente.

PMES TROCAM WEB DESIGNER + PROGRAMADOR POR FERRAMENTAS GRATUITAS

Algumas empresas disponibilizam uma forma simples de montar um site, oferecendo serviços de layout, programação, registro e hospedagem de domínio em apenas um lugar. Antenado com essa nova oferta de serviços e facilidade decorrente, Fabio Pimenta, 65, proprietário da Actex, empresa de soluções de mobiliário corporativo, trocou seu web designer e programador pelos serviços de uma start-up. “Utilizamos uma template que já estava pronta. Foi muito fácil fazer as alterações e publicar o site. Escolhi um plano mensal. Optei por essa forma de fazer o site da minha empresa por não precisar ficar refém de programador e web designer. Quando preciso alterar alguma informação ou imagem no site, eu mesmo faço com muita agilidade”, comemora ele.

A publicitária Fernanda Ramalho também optou por construir o site da empresa de seu marido, a Textaria, usando uma plataforma gratuita. “Propositalmente fizemos um site absolutamente simples. É muito prático construir usando uma ferramenta como essa. Você elimina os intermediários”, comenta ela.

Fabio e Fernanda ficaram muito satisfeitos com o desempenho da ferramenta gratuita e com o resultado final de seus sites, além da economia com fornecedores. “Desde que fiz meu primeiro site, minha empresa cresceu e ampliou sua oferta de serviços. Agora estou novamente construindo um site novo, e mais uma vez optei por utilizar a ferramenta gratuita”, finaliza Fabio.

DICAS DE PLATAFORMAS

Wix



Essa empresa tem conquistado muitos pequenos e médios empresários. A ferramenta oferece lindas templates editáveis prontas, separadas por categorias de atividades comerciais, o que é um grande diferencial. Os layouts também estão otimizados para celulares, e o usuário pode visualizar as alterações no site conforme edita. Além disso, o serviço também oferece pacotes para hospedar o domínio e uma série de recursos para lojas virtuais, inserir blogs, vídeos e outros elementos nos sites. Se o usuário quiser, há um plano gratuito para hospedar o site.

Weebly

O Weebly é uma ferramenta semelhante ao Wix, fácil de editar e com layouts otimizados para celular e tablets. Porém, a oferta de layouts é menor. O Weebly possui duas desvantagens: além de estar mal traduzido para o português, com algumas palavras escritas em inglês e frases desconexas, a ferramenta não oferece a possibilidade de registrar um domínio com o final “com.br” – a  terminação utilizada no Brasil –, e sim  apenas “.com”, o que significa que outra pessoa pode registrar o mesmo nome no país, no registro.br.

Wordpress

A plataforma Wordpress é uma das mais antigas e populares, apesar de ser mais complexa para edição de layouts. A ferramenta oferece pacotes gratuitos para registro e hospedagem de domínio, e também pacotes pagos, variando de acordo com os recursos oferecidos – como assistência técnica via chat.

Locaweb

Originalmente um servidor, a plataforma se modernizou para acompanhar a expansão da oferta de ferramentas de edição e hospedagem de sites gratuitas e lançou também uma plataforma para a criação deles. A oferta de layouts é restrita e deixa a desejar em comparação às outras plataformas, mas serviço de hospedagem oferece planos que comportam sites mais robustos.

LEIA MAIS:

Hashtags: O jeito certo de usar

O poder do digital: um arsenal para sua empresa ficar bem na blogosfera



O impacto da paralisação nos resultados é cada vez menor, por causa da digitalização das transações, via computadores e do celulares

comentários

Para o publicitário Celso Loducca, com mais de três décadas de carreira, a atividade se tornará cada vez mais ineficiente se os anunciantes continuarem focados apenas em cortes de custos

comentários

Após o desapontamento dos consumidores e investidores, a marca de Steve Jobs aposta na nova edição do iPhone e do Apple Watch (foto). Os lançamentos chegam nos primeiros países em 16 de setembro. O Brasil não está na lista.

comentários