Negócios

Vendas do varejo crescem 3,1% em julho


A comercialização no varejo ampliado, que inclui as atividades de material de construção e de veículos, subiram 0,20% em julho ante junho, de acordo com o IBGE


  Por Estadão Conteúdo 12 de Setembro de 2017 às 13:20

  | Agência de notícias do Grupo Estado


As vendas do comércio varejista ficaram estáveis em julho ante junho, na série com ajuste sazonal, informou na manhã desta terça-feira 12/09, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na comparação com julho de 2016, sem ajuste sazonal, as vendas do varejo tiveram alta de 3,1% em julho de 2017, também em linha com a mediana das estimativas.

Nesse confronto, as projeções iam de uma expansão de 2,10% a 4,00%. As vendas do varejo restrito acumularam crescimento de 0,3% no ano e queda de 2,3% em 12 meses.

“O resultado demonstra que a recuperação econômica está se consolidando apoiada por um fator fundamental, que é a queda da inflação”, afirma Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). “Esse cenário deve permanecer, pois a expectativa é de continuidade da queda da inflação, fator que baixa os juros e favorece o salário real, impulsionando o consumo e a retomada da economia.”

alencar burti
BURTI: VENDAS DEVEM CONTINUAR CRESCENDO
Apesar disso, ressalva, falta muito para se atingir o nível de 2014, o que vai depender do ritmo de retomada do setor nos próximos dois anos.
 
VAREJO AMPLIADO

Já as vendas do varejo ampliado, que incluem as atividades de material de construção e de veículos, subiram 0,20% em julho ante junho, na série com ajuste sazonal.

Na comparação com julho de 2016, sem ajuste, as vendas do varejo ampliado tiveram alta de 5,7% em julho de 2017. O resultado também superou a mediana das estimativas. Nesse confronto, as projeções variavam de uma expansão de 1,50% a 6,33%, com mediana de 3,85%.

As vendas do comércio varejista ampliado acumularam crescimento de 1,1% no ano e redução de 2,8% em 12 meses. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Revisões

O IBGE também revisou o resultado das vendas no varejo em junho ante maio, de uma alta de 1,2% para uma expansão de 0,9%. As vendas do comércio varejista ficaram estáveis em julho ante junho. No varejo ampliado também houve revisão no resultado de junho ante maio, que saiu de avanço de 2,5% para aumento de 2,3%.
Média móvel trimestral

O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista restrito teve aumento 0,4% em julho, segundo informou o IBGE. No varejo ampliado, o índice de média móvel trimestral das vendas aumentou 0,8% em julho.