Negócios

Vendas de veículos usados estão em alta


Na contramão dos automóveis novos, os brasileiros compraram 1,5 milhão de carros usados, nos primeiros dois meses de 2017, de acordo com a Fenabrave


  Por Estadão Conteúdo 08 de Março de 2017 às 15:05

  | Agência de notícias do Grupo Estado


Enquanto a comercialização de automóveis novos cedeu ao menor patamar dos últimos 11 anos, as vendas de veículos usados estão em alta, de acordo com levantamento divulgado nesta quarta-feira (08/03), pela Fenabrave, entidade que representa as concessionárias de carros.

No primeiro bimestre, os brasileiros compraram 1,54 milhão de carros de passeio e utilitários leves, como picapes, usados, o que corresponde a um crescimento de 9% na comparação com os dois primeiros meses de 2016. A cada carro novo emplacado, mais de cinco usados são vendidos no País.

Ao avaliar o resultado, o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, comentou em nota que o consumidor brasileiro está levando em conta os preços mais acessíveis dos veículos usados.

Por terem sofrido depreciação, eles permitem ao comprador pagar menos, em relação a um carro novo, por modelos mais equipados.

Só em fevereiro, 709,8 mil carros usados foram vendidos, alta de 1,6% sobre o volume apurado no mesmo mês do ano passado. Em relação a janeiro, houve queda de 14,2% no segmento, mas essa comparação é influenciada pelo calendário mais curto do mês passado, que teve quatro dias úteis a menos. Do total vendido em fevereiro, os usados com no máximo três anos de uso representaram 13,3%.

No mercado de novos, as vendas não param de encolher, com queda de 6,4% dos emplacamentos no primeiro bimestre - considerando nessa conta apenas os carros de passeio e comerciais leves.

A Fenabrave também apurou crescimento, nos dois primeiros meses do ano, das vendas de caminhões, cuja alta foi de 4,1%. As vendas de ônibus usados, por sua vez, subiram 39% em igual período.

Na mesma direção, as vendas de motos usadas cresceram 3,8%, chegando a 417,9 mil unidades negociadas no primeiro bimestre.

*FOTO: Agência Brasil