São Paulo, 09 de Dezembro de 2016

/ Negócios

Ovo de Páscoa paga 38,53% de impostos
Imprimir

A informação foi apurada pela Associação Comercial de São Paulo, em novo alerta sobre a excessiva carga tributária paga pelo consumidor

Os ovos de Páscoa que os brasileiros estarão consumindo este ano têm uma carga tributária de 38,53%. É o que revela a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em novo alerta sobre a quantidade de tributos embutida no preço final de cada produto ou serviço disponível para o consumidor.

A colomba pascal tem carga tributária similar: 38,68%. Quem optar por almoçar fora no domingo de Páscoa vai desembolsar 32,31% em impostos. Já quem decidir cozinhar um bacalhau importado pagará 43,78% de carga.

O coelho de pelúcia para as crianças, os bombons e o vinho têm cargas de 29,92%, 37,61% e 54,73%, respectivamente.

“Praticamente todos os produtos de consumo têm tributação muito elevada, com exceção de alguns itens da cesta básica. E a tributação é ainda maior nos produtos importados e naqueles considerados supérfluos”, afirma Rogério Amato, presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de SP).

A ACSP mantém, desde 2005, o Impostômetro, na Rua Boa Vista, centro de São Paulo. O objetivo é conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e estimular que se cobrem os governos por serviços públicos de qualidade.

O levantamento da carga tributária na Páscoa foi encomendado pela ACSP ao IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), cujos dados abastecem o Impostômetro.

IMPOSTO NA NOTA

O que pode ajudar o consumidor a ficar de olho nas cargas tributárias é observar as porcentagens informadas pelos estabelecimentos comerciais nas notas fiscais, em cumprimento à Lei n. 12.741/2012.

Ela é mais conhecida como Lei De Olho no Imposto e é uma das grandes conquistas das associações comerciais.

LEIA MAIS: Alta do dólar tira os importados da mesa dos consumidores



Na última reunião plenária do ano realizada pela ACSP, os empresários lamentaram as baixas de 2016, mas demonstraram expectativas positivas para o próximo ano

comentários

Fiel aos princípios que guiaram sua fundação, a trajetória da ACSP, que completa 122 anos nesta quarta-feira (7/12), foi marcada por ações e posições que a colocam como partícipe da vida política, econômica e social da cidade de São Paulo, do Estado e do País

comentários

A entidade, que cresceu ao lutar contra a burocracia, celebra nesta semana mais um ano de uma história centenária a favor da livre iniciativa

comentários