São Paulo, 25 de Setembro de 2016

/ Negócios

Ovo de Páscoa paga 38,53% de impostos
Imprimir

A informação foi apurada pela Associação Comercial de São Paulo, em novo alerta sobre a excessiva carga tributária paga pelo consumidor

Os ovos de Páscoa que os brasileiros estarão consumindo este ano têm uma carga tributária de 38,53%. É o que revela a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em novo alerta sobre a quantidade de tributos embutida no preço final de cada produto ou serviço disponível para o consumidor.

A colomba pascal tem carga tributária similar: 38,68%. Quem optar por almoçar fora no domingo de Páscoa vai desembolsar 32,31% em impostos. Já quem decidir cozinhar um bacalhau importado pagará 43,78% de carga.

O coelho de pelúcia para as crianças, os bombons e o vinho têm cargas de 29,92%, 37,61% e 54,73%, respectivamente.

“Praticamente todos os produtos de consumo têm tributação muito elevada, com exceção de alguns itens da cesta básica. E a tributação é ainda maior nos produtos importados e naqueles considerados supérfluos”, afirma Rogério Amato, presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de SP).

A ACSP mantém, desde 2005, o Impostômetro, na Rua Boa Vista, centro de São Paulo. O objetivo é conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e estimular que se cobrem os governos por serviços públicos de qualidade.

O levantamento da carga tributária na Páscoa foi encomendado pela ACSP ao IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), cujos dados abastecem o Impostômetro.

IMPOSTO NA NOTA

O que pode ajudar o consumidor a ficar de olho nas cargas tributárias é observar as porcentagens informadas pelos estabelecimentos comerciais nas notas fiscais, em cumprimento à Lei n. 12.741/2012.

Ela é mais conhecida como Lei De Olho no Imposto e é uma das grandes conquistas das associações comerciais.

LEIA MAIS: Alta do dólar tira os importados da mesa dos consumidores



Nesta quarta-feira (21/09), Dia Internacional da Paz, o atleta, que ganhou duas vezes a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, foi homenageado na ACSP, ao lado de personalidades como as atrizes Eva Wilma e Nicete Bruno

comentários

Metade do aumento concentrou-se nos tributos do governo federal, que saltaram 0,12 ponto percentual em 2015

comentários

O prefeito Fernando Haddad (PT) será o quarto candidato sabatinado no ciclo de debates com candidatos a prefeito promovido pela Associação Comercial de São Paulo

comentários