São Paulo, 20 de Julho de 2017

/ Negócios

Estudo detecta oportunidades para microcervejarias
Imprimir

A partir de 2018, essas empresas poderão ser incluídas entre as beneficiadas pelo Simples Nacional, que garante tratamento tributário diferenciado para pequenos negócios

Setor que atrai um público cada vez mais sedento por sabores diferenciados, as microcervejarias artesanais foram alvo de um estudo do Sebrae que identifica oportunidades e características desse ramo de atuação.

O levantamento inclui orientações e aspectos do processo produtivo, maquinário, embalagens e exemplos de boas práticas.

A partir de 2018, essas empresas poderão ser incluídas entre as beneficiadas pelo Simples Nacional, um regime que garante tratamento tributário diferenciado para pequenos negócios.

A inclusão desse segmento no Simples foi garantida com a Lei Complementar nº 155/2016, sancionada em outubro e mais conhecida como Crescer sem Medo.

“Quem se preparar para atender seu público com mais qualidade e produtos diferenciados estará preparado para crescer muito mais no mercado, aproveitando uma tendência mundial de interesse por esses produtos”, destaca o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

LEIA MAIS: É a vez das microcervejarias

O Brasil é um dos maiores consumidores de cerveja do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e da China.

De acordo com o Sistema de Controle de Produção de Bebidas da Receita Federal (Sicobe), de 2005 a 2014, a produção nacional de cerveja cresceu 64%.

Apesar disso, as microcervejarias representam apenas 1% da produção total do setor cervejeiro do Brasil, segundo os últimos dados da Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe), de 2014.

De acordo com o Relatório Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho, as micro e pequenas empresas representam mais de 90% das 726 fabricantes de cervejas e chopes e geram apenas 6% dos 35.550 empregos do segmento – o que mostra o potencial de crescimento dos pequenos negócios dessa atividade.

LEIA MAIS: Quer viver de cerveja? Então tome decisões sóbrias

DICAS DO ESTUDO

*O que diferencia um produto do outro é basicamente o tipo de ingrediente selecionado. Além dos ingredientes obrigatórios, definidos em decreto, pode-se agregar uma lista infinita de outras opções, que conferem sabor, aroma e características específicas à bebida.

*Para inovar nesse segmento, os fabricantes de cervejas artesanais priorizam a qualidade dos ingredientes e investem em insumos locais, promovendo a identidade do produto final e fortalecendo a região em que estão instalados.

*As garrafas de vidro são quase unanimidade quando se fala de embalagem de cerveja, especialmente as de cor escura. Porém, há profissionais que defendem o uso das latas para envazar o líquido, pois elas podem ser recicladas com mais facilidade e impedem a passagem de luz.

*A pasteurização não é tão comum em cervejarias artesanais, não sendo uma etapa obrigatória, pois depende do estilo de produção e do local onde será distribuída a cerveja. É importante ressaltar que, caso não seja pasteurizado, o prazo de validade será menor e a cerveja deverá se manter refrigerada.

*A cerveja exige cuidados de transporte, armazenamento e distribuição, em especial quando será vendida em uma cidade diferente da que foi produzida. A cerveja artesanal requer atenção redobrada nessas etapas, para evitar danos ao produto.

*Investir em rótulos é estratégico, pois eles costumam ser o primeiro contato visual do consumidor com o produto e ainda contribuem para diferenciar um fabricante do outro em uma gôndola.

*A participação em feiras e festivais do segmento é importante para ajudar a microcervejaria a posicionar sua marca.



Em junho, os pequenos negócios abriram 35,8 mil novos postos de trabalho no país, 14,4% a mais do que no mês anterior

comentários

Lavanderias, lava jatos, salões de beleza, restaurantes, hotéis e padarias são bons exemplos de atividades que podem ser impactadas

comentários

O empreendedor que tiver guias em aberto pode aderir ao parcelamento da Receita Federal até o dia 2 de outubro

comentários