São Paulo, 04 de Dezembro de 2016

/ Negócios

Com corte de custos, francês Casino avançou no Brasil em 2014
Imprimir

No ano passado, as bandeiras Pão de Açúcar, Extra e Assaí registraram aumento de vendas de 9,5%, segundo Jean-Charles Naouri (foto), presidente mundial do grupo

O ambiente econômico no Brasil não é dos melhores, com a economia estagnada e o real fraco. Mesmo assim, o resultado financeiro do grupo varejista francês Casino avançou no País no ano passado. Dona dos supermercados Pão de Açúcar e Extra e também das Casas Bahia e Ponto Frio, a empresa atribuiu o resultado a um programa de eficiência para reduzir custos. Entre as apostas do grupo no Brasil estão o segmento de 'atacarejo', as lojas de conveniência e os eletrônicos.

Em teleconferência para divulgar os resultados financeiros do grupo em 2014, o presidente do Casino, Jean-Charles Naouri, fez um diagnóstico pouco otimista do cenário macroeconômico brasileiro. Aos analistas, o executivo disse que a "desaceleração da economia é bastante óbvia" e os sinais apontam para a continuidade dessas condições em 2015.

Mesmo assim, a varejista apresentou números positivos no País. "Tivemos crescimento no lucro graças ao esforço de gestão", resumiu nesta manhã de terça-feira. "Executamos um rigoroso plano de eficiência operacional", completou.Esse resultado contrasta com o desempenho mundial do grupo, que em 2014 registra um recuo de 70,5% no lucro líquido --de 251 milhões de euros ante 851 milhões de euros em 2013.

No ano passado, os supermercados do grupo no Brasil -as bandeiras Pão de Açúcar, Extra e Assaí- obtiveram faturamente de vendas de 11,1 bilhões de euros, com aumento orgânico de 9,5% ante 2013. No segmento de eletrônicos e móveis, a Via Varejo - que agrupa Casas Bahia e Ponto Frio - acumulou vendas de 7,2 bilhões de euros (cerca de R$ 23,3 milhões), com alta de 4%. O lucro antes de impostos e amortizações somou, respectivamente, 903 milhões de euros (aproximadamente R$ 2,9 bilhões) nos supermercados e 753 milhões de euros (cerca de R$ 2,4 bilhões) nas Casas Bahia e Ponto Frio.

GRUPO CRESCEU 9,5% EM VENDAS NO SEGMENTO DE SUPERMERCADO

Naouri destacou que o resultado melhorou especialmente no Assaí e na Via Varejo. Na rede de atacarejo Assaí, por exemplo, as vendas orgânicas cresceram 32,7% em um ano. Já a margem Ebtida registrada pela Via Varejo subiu mais de 2 pontos porcentuais em um ano, para 10,4%.

EXPANSÃO

Mesmo com a desaceleração econômica, o presidente da rede varejista ressaltou que a empresa continuou com o plano de expansão no Brasil. Em 2014, foram abertos 108 novos endereços do grupo no Brasil, sendo 92 lojas de conveniência - especialmente com a bandeira Minimercado Extra - e nove filiais Assai.

Durante a teleconferência, Naouri sinalizou que, entre as principais apostas da varejista para o Brasil em 2015, estão a bandeira Assaí, as lojas de conveniência e a Via Varejo. No caso da rede de atacarejo, o executivo disse que o conceito conhecido como 'cash & carry' no exterior é "bem adequado para a evolução do consumo no Brasil". Sobre as lojas menores com a marca "Minimercado", Naouri ressaltou que houve aceleração no desenvolvimento desse formato nos últimos trimestres.

O presidente da varejista disse ainda que o mercado explorado pela Via Varejo "continua muito promissor no Brasil". "A taxa de posse de eletrônicos e móveis por família no Brasil ainda é baixa", disse, ao comentar que o segmento ainda deve continuar crescendo no País. Entre as vantagens das Casas Bahia e Ponto Frio, o executivo ressaltou o poder de negociação da empresa com os fornecedores.

"Somos os primeiros compradores do segmento de não-alimentos na América Latina graças à Via Varejo. Isso nos dá excelentes condições de compra com os fornecedores, como as fabricantes de eletrônicos do Japão e Coreia", disse.



Estimativas da ACSP indicam redução de até 6% nas vendas. Para Marcel Solimeo, economista-chefe da entidade, a retomada lenta ainda não aparece por causa da comparação com 2015

comentários

Estudo do Sebrae demonstra a importância do setor para a economia. A produção de cinema, TV, publicidade e mídias digitais movimenta R$ 42,7 bilhões e gera 100 mil empregos diretos e 107,6 mil indiretos

comentários

Previsões mostram que, embora o encarecimento do frete prejudique o e-commerce à curto prazo, o fim do monopólio dos Correios pode beneficiar o mercado como um todo

comentários