São Paulo, 17 de Janeiro de 2017

/ Leis e Tributos

Impostômetro atinge R$ 300 bilhões no domingo
Imprimir

No ano passado, esse mesmo valor só foi alcançado no dia 25 de fevereiro

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) chega à  marca de R$ 300 bilhões neste domingo, 22 de fevereiro, por volta das 17h40. No ano passado, o valor foi registrado dia 25 de fevereiro, o que mostra que a carga de tributos continua aumentando. 

O painel, que fica na Rua Boa Vista, no Centro da capital paulista, registra o valor total em impostos, taxas e contribuições pagos pelos brasileiros para a União, os estados e os municípios. 

“A arrecadação tributária continua crescendo e batendo recordes, mesmo com as dificuldades da economia e com a perspectiva de queda do PIB. Esperamos que o governo contenha as despesas públicas e recupere o superávit primário para, assim, restaurar a credibilidade da economia brasileira”, afirma Rogério Amato, presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo).

Implantado em 2005, o Impostômetro tem o objetivo de conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade. Pelo portal www.impostometro.com.br é possível descobrir o que dá para fazer com o dinheiro ou quanto foi arrecadado num período ou numa cidade, por exemplo.  



Nos primeiros quinze dias do ano as vendas recuaram 6,6% na comparação com a primeira quinzena de janeiro de 2016. A queda ficou dentro da normalidade, segundo a ACSP

comentários

Mesmo com pressões esperadas no início de 2017, IPCA deve convergir para o centro da meta de 4,5% em meados desse ano, abrindo espaço para mais quedas da Selic

comentários

O ritmo de queda nas vendas diminuiu a partir do segundo semestre, mas não o suficiente para reverter o recuo de 8,7% acumulado ao longo do ano

comentários