[INFO] O passo a passo de uma maratona jurídica


Saiba quanto tempo pode levar um processo jurídico e quais podem ser as consequências de longa disputa para as pequenas e médias empresas


  Por Thais Ferreira 18 de Março de 2015 às 00:00

  | Repórter tferreira@dcomercio.com.br


Montar uma empresa é o sonho de 44% dos brasileiros, de acordo com a pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP). Ao abrir um negócio, no entanto, os novos empresários podem esbarrar em diversos problemas, entre eles os jurídicos.

Pode ser um funcionário ou fornecedor que ficou insatisfeito e decidiu acionar a justiça. Ou, então, depois da entrega de um produto ou serviço, o cliente deu o calote. “Um processo pode comprometer grande parte do orçamento, desviar o foco de uma empresa e levar até uma década para um desfecho, sem garantia alguma de êxito”, afirma Pedro Schaffa sócio do escritório de advocacia SBAC, especializado em Startups e PMEs.

Para não ser pego de surpresa, veja o infográfico com o passo a passo de uma disputa judicial: