São Paulo, 29 de Maio de 2017

/ Inovação

Micro e pequenas ganham estímulo para investir em inovação
Imprimir

A proposta é que o Sebrae e a Embrapii dividam os riscos dos projetos inovadores apresentados pelas empresas

O Sebrae e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) assinaram um contrato para subsidiar projetos inovadores das micro e pequenas empresas.

Pelo acordo, do valor total de cada projeto apresentado pelas empresas, um terço será bancado pela Embrapii nacional, até um terço pela unidade Embrapii onde o estudo será desenvolvido e o restante ficará sob encargo da empresa, com subsídio do Sebrae. 

“A ideia é fazer com que, ao compartilharem riscos de projetos, essas empresas sejam estimuladas a inovar”, diz o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

O Sebrae estima que cerca de 200 dessas micro e pequenas empresas sejam credenciadas. 

No convênio foram definidas duas linhas de financiamento: a primeira, voltada para desenvolvimento tecnológico, destina-se apenas às micro e pequenas empresas

A segunda é de encadeamento tecnológico e pode contar com empresas de todos os portes – sendo que os recursos investidos pelo Sebrae serão destinados apenas à primeira linha. 

A parceria permitirá que a sinergia entre as micro e pequenas empresas com instituições de pesquisa tecnológica e empresas industriais possa ser feita nas 23 unidades credenciadas Embrapii. 

IMAGEM: Thinkstock

 



Projeto que tramita na Câmara dos Deputados pretende impedir que empresas saltem de faixa de tributação sem que obtenham aumento real do faturamento

comentários

Com o Favela Mais, lojistas como Rogério Pereira, de Paraisópolis, podem agora também ter acesso a empréstimos de até R$ 20 mil para investimentos, com 36 meses para pagar e seis de carência

comentários

Sebrae e Receita Federal trabalham para fornecer sistema nacional de emissão desse documento

comentários