São Paulo, 09 de Dezembro de 2016

/ Gestão

Você gosta de controlar tudo nos mínimos detalhes?
Imprimir

Faça o teste e descubra - isso se você não estiver ocupado demais fazendo o trabalho que deveria ser dos outros

Empreeendedores não podem cair na armadilha de querer controlar tudo que ocorre à sua volta nos mínimos detalhes, simplesmente porque um dos fortes dos negócios nascentes e menores está na agilidade. Diante do desafio diário que é erguer e manter uma empresa, torna-se impossível supervisionar minunciosamente as tarefas de cada funcionário e de cada parceiro. Nas escolas de gestão, dá-se a essa compulsão o nome de microgestão, ou, em inglês, micromanagement. O que separa o comportamento infernal de um microgestor do ato, este sim saudável, de buscar as informações necessárias para tocar o negócio? O teste a seguir pode ajudá-lo a descobrir se você está exagerando, ou não, no controle das outras pessoas envolvidas com a empresa.

 

 



Quem dá as dicas é a rede paranaense Gazin, com 238 lojas, que se sagrou a melhor empresa do varejo para se trabalhar. O índice de engajamento dos funcionários atinge 96%, bem acima da média nacional

comentários

Um dos pioneiros na implementação da nota fiscal eletrônica no Brasil, Tibério Valcanaia está à frente de empresas especializadas em desenvolver sistemas de gestão online que ajudam o pequeno varejo a ser mais competitivo

comentários

A substituição de executivo-chefe que atingiu idade limite continua a ser um momento crítico para as grandes empresas. O Bradesco de Luis Carlos Trabuco (foto) é o mais recente caso de mudança no limite de idade para o cargo

comentários