São Paulo, 17 de Janeiro de 2017

/ Gestão

Mulheres líderes precisam agir por conta própria
Imprimir

Para as mulheres, chegar a posições de liderança ainda é um desafio - assista à entrevista de Dara Richardson-Heron, CEO da YWCA

Ter independência e agir por contra própria é condição essencial para uma mulher chegar e se manter em posições de liderança. Mesmo com avanços recentes, líderes de gênero feminino ainda precisam de esforços adicionais para alcançar o topo da cadeia no mundo dos negócios. 

Para Dara Richardson-Heron, CEO da YWCA americana, uma postura profissional exige que as mulheres comuniquem as metas e lidem com as expectativas de liderança. "É preciso afastar as distrações que podem te atrapalhar e ser desmoralizante em muitos aspectos", diz.

(The New York Times/Syndicate)



Um bom líder tem de ser o rei da popularidade ou mais importante é ter autoconhecimento? Jonas Duarte, sócio-diretor da Crescimentum, esclarece os principais chavões sobre o tema

comentários

Ativas, independentes e antenadas, as mulheres maduras representam uma nova força no mundo do consumo. Por que a publicidade e o marketing ainda não conseguem enxergá-las?

comentários

Enquanto outros países correm para mudar as condições que prejudicam a vida profissional feminina, o Brasil assiste parado aos prejuízos causados pelo excesso de tarefas das mulheres e a desigualdade salarial

comentários