São Paulo, 28 de Fevereiro de 2017

/ Gestão

CEO reduz seu salário para dar aumento aos funcionários
Imprimir

O americano Dan Price, fundador da empresa Gravity Payments, surpreendeu a equipe ao anunciar que o novo salário mínimo da empresa seria de US$ 70 mil anuais

Aos 19 anos, Dan Price abriu a Gravity Payments, empresa que faz processamento de pagamentos de cartões de crédito em Seattle, nos Estados Unidos. Hoje, aos 30, ele tem 120 empregados e um lucro de US$ 2,2 milhões por ano. 

Tudo ia bem até que o empresário leu uma pesquisa realizada pela Universidade de Princeton.  O estudo concluiu que para ser feliz uma pessoa devia ganhar, em média, US$ 70 mil por ano (por volta de R$ 211 mil). 

Price percebeu que uma parte de seus funcionários não ganhava esse valor e decidiu fazer uma mudança radical. Em abril deste ano, anunciou que todos em sua empresa iriam receber no mínimo US$ 70.000 por ano. Para conseguir fazer isso, ele reduziu seu próprio salário, que era de US$ 1 milhão, para receber o mesmo que os seus funcionários.

O CEO da Gravity Payments acredita que não precisa de tanto dinheiro para viver bem. Ele tem o mesmo carro há 12 anos e mora em um apartamento simples em Seattle. 

Veja no vídeo o momento em que Price anunciou as mudanças para seus funcionários: 



Centro de Estudos das Sociedades de Advogados alega que o bônus traria um "interesse econômico" aos conselheiros que seriam, por isso, impedidos de julgar os casos

comentários

2.150 empresas de construção, de um universo de 27 mil, estão em dívida com os trabalhadores

comentários

O reajuste foi menor do que o projetado pelo próprio governo em virtude da inflação

comentários