Gestão

Adidas cancela compras da Black Friday e irrita consumidores


Grife cancelou as mais de seis mil compras feitas em seu e-commerce sob alegação de que todos os produtos estavam com preço de R$ 129,90 devido a um erro no sistema


  Por Estadão Conteúdo 01 de Dezembro de 2016 às 18:27

  | Agência de notícias do Grupo Estado


Segundo a Fundação Procon-SP, a Adidas foi a líder do ranking de reclamações da Black Friday deste ano no Brasil.

Isso porque o dia de ofertas ocorreu na sexta-feira e no sábado a empresa cancelou as mais de seis mil compras feitas em seu e-commerce.

Em comunicado, a Adidas declarou que durante a Black Friday todos os produtos estavam com o preço de R$ 129,90 por causa de um erro no sistema. A grife garantiu ainda que irá devolver 100% do valor das compras aos clientes.

Fátima Lemos, assessora técnica de atendimento da Fundação Procon-SP, explica que a legislação prevê o cumprimento da promoção independentemente de problemas internos da empresa.

"Mas acordos podem ser feitos individualmente com cada cliente", afirma. O órgão de defesa do consumidor recomenda que quem se sentiu lesado deve primeiramente procurar a marca para tentar solucionar o problema e, caso não seja resolvido, pode entrar em contato com o Procon.

No Reclame Aqui, site especializado em reclamações de consumidores, internautas afirmaram que suas compras foram canceladas sem justificativa. Alguns afirmam já ter entrado em contato com a marca, que mandou um cupom de 30% de desconto para compras futuras.

FOTO: Thinkstock