São Paulo, 04 de Dezembro de 2016

/ Economia

Economia encolheu 0,14% em 2014, informa o Banco Central
Imprimir

A queda foi menor do que a mediana das estimativas dos analistas do mercado financeiro

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) caiu 0,15% em 2014 em relação a 2013, no dado sem ajuste sazonal. Em dezembro, o índice atingiu 142,02 pontos na série observada, o menor patamar desde fevereiro do ano passado, quando estava em 139,87 pontos. Em 2013 sobre o ano anterior, o indicador havia registrado uma elevação de 2,52%.

A queda foi menor do que a mediana das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados, de -0,20%. O intervalo das estimativas ia de -0,10% a -0,30%. O IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses e tem grande influência sobre as estimativas do mercado financeiro para o Produto Interno Bruto (PIB), que deverá ser divulgado ao final de março pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



Para o economista José Roberto Mendonça de Barros, num ambiente de recessão econômica, o ideal seria colocar os juros "abaixo da taxa neutra"

comentários

De acordo com o Banco Central, a recuperação da atividade econômica da região dependerá da melhora das expectativas dos agentes econômicos e da reação dos mercados de trabalho e do crédito

comentários

Recuperação somente será efetiva mediante o ajuste das contas públicas e continuidade da redução da taxa de juros pelo Banco Central

comentários