São Paulo, 26 de Julho de 2017

/ Economia

Economia encolheu 0,14% em 2014, informa o Banco Central
Imprimir

A queda foi menor do que a mediana das estimativas dos analistas do mercado financeiro

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) caiu 0,15% em 2014 em relação a 2013, no dado sem ajuste sazonal. Em dezembro, o índice atingiu 142,02 pontos na série observada, o menor patamar desde fevereiro do ano passado, quando estava em 139,87 pontos. Em 2013 sobre o ano anterior, o indicador havia registrado uma elevação de 2,52%.

A queda foi menor do que a mediana das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados, de -0,20%. O intervalo das estimativas ia de -0,10% a -0,30%. O IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses e tem grande influência sobre as estimativas do mercado financeiro para o Produto Interno Bruto (PIB), que deverá ser divulgado ao final de março pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



O indicador acusou superávit de US$ 715 milhões de janeiro a junho, contra déficit de US$ 8,487 bilhões no mesmo período de 2016, de acordo com o Banco Central

comentários

As reformas trabalhistas e Previdenciárias são tidas como necessárias para reerguer o país em relatório da Organização Mundial do Comércio

comentários

Relatório Focus, do Banco Central, indica ainda que a mediana das projeções dos economistas para a Selic no fim de 2018 permanece em 8%, ante 8,50% de um mês atrás

comentários