São Paulo, 25 de Maio de 2017

/ Economia

Economia encolheu 0,14% em 2014, informa o Banco Central
Imprimir

A queda foi menor do que a mediana das estimativas dos analistas do mercado financeiro

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) caiu 0,15% em 2014 em relação a 2013, no dado sem ajuste sazonal. Em dezembro, o índice atingiu 142,02 pontos na série observada, o menor patamar desde fevereiro do ano passado, quando estava em 139,87 pontos. Em 2013 sobre o ano anterior, o indicador havia registrado uma elevação de 2,52%.

A queda foi menor do que a mediana das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados, de -0,20%. O intervalo das estimativas ia de -0,10% a -0,30%. O IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses e tem grande influência sobre as estimativas do mercado financeiro para o Produto Interno Bruto (PIB), que deverá ser divulgado ao final de março pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).



O comprometimento de renda das famílias com o Sistema Financeiro Nacional passou de 21,6% em fevereiro para 22,0% no período

comentários

Já a taxa média de juros no crédito livre caiu para 49,1% ao ano em abril. O juro do rotativo do cartão de crédito também teve queda no período e atingiu 422,5%

comentários

No acumulado de 2017, o ingresso de investimentos estrangeiros destinados ao setor produtivo soma US$ 29,350 bilhões. A estimativa para este ano é de US$ 75,0 bilhões

comentários