São Paulo, 25 de Abril de 2017

/ Blogs

IBM e Apple: Uma parceria de gigantes
Imprimir

Quem esteve no NRF Big Show, o maior evento de varejo do mundo, pode conferir os primeiros resultados da colaboração entre Apple e IBM

Em julho do ano passado, Apple e IBM anunciaram uma parceria que surpreendeu muita gente – a IBM, afinal, sempre foi considerada uma inimiga mortal por Steve Jobs.

Em seu stand, a IBM demonstrou um protótipo de um sistema para elhorar a qualidade do atendimento em lojas de varejo, pois, segundo a empresa, muitas vezes os clientes estão mais bem informados que os vendedores. Munidos de um iPhone ou um iPad, os vendedores têm acesso a informações completas de cada produto, a situação do estoque tanto na própria unidade como em lojas próximas e os eventuais prazos de entrega.

O protótipo também inclui um chat no qual o vendedor pode entrar em contato com um especialista em uma determinada linha de produtos (o exemplo usado foi o de tênis para corrida), para auxiliar o cliente.

Outra funcionalidade demonstrada no protótipo foi a de coleta de produtos -- para situações em que o cliente compra online e escolhe retirar os produtos na loja. O sistema basicamente transforma o funcionário da loja em um trabalhador de centro de distribuição: o software indica quais pedidos têm prioridade, traça a rota mais eficiente para a coleta dos produtos e assim por diante.



As medidas econômicas adotadas pelo governo estão no caminho certo e não podem parar apesar da crise política, segundo o Boletim de Conjuntura Econômica da Associação Comercial de São Paulo (ACSP)

comentários

As empresas do ramo fecharam o ano com R$ 250,5 bilhões em receitas, de acordo com a Abad. Expectativa é de que o setor feche 2017 com alta de 1%

comentários

Mesmo com liquidações no primeiro trimestre, o comércio varejista ainda não alcançou equilíbrio no nível de estoques

comentários